Design Biofílico

Trabalho com o design biofílico que significa literalmente"amor à vida", "amor àquilo que é/está vivo". É a consciência de que somos e pertencemos à natureza e que, sendo assim, devemos amá-la, preservá-la e tê-la por perto. Este conceito foi difundido nos anos 80 pelo biólogo americano Edward. O. Wilson.
Diversas pesquisas afirmam que a falta de elementos naturais ao nosso redor é um dos fatos que mais colaboram com o desenvolvimento de doenças como ansiedade e depressão.
Locais com pouca iluminação e ventilação natural (substituídas por ar condicionado e luzes artificiais) e sem a presença de vegetação, não são saudáveis e nem sequer adequados. .
Por este e outros motivos, o design biofílico é inovador, sendo uma forma de aplicar e permitir maior quantidade de elementos e recursos naturais nos ambientes, o que resulta em melhor QUALIDADE DE VIDA, CONFORTO E BEM-ESTAR aos que frequentam aquele ambiente
Incrível, não é mesmo? 😍
Significa "Amor à vida", "amor àquilo qu
Como aplicar
na arquitetura

O design biofílico pode ser aplicado desde o começo do projeto de uma edificação. O arquiteto começa a elaborar o planejamento da obra vislumbrando os princípios da biofilia que serão apresentados a seguir:

20200318_143732_edited.jpg
Vegetação, água e vista

A  vegetação é a nossa conexão imediata com a natureza.

Integrar a vegetação com a arquitetura e trazer o verde para dentro dos nossos ambientes pode ser muito benéfico para o nosso bem-estar. Trazer a água e uma vista vista também podem ser elementos restauradores e benéficos para a nossa saúde e bem-estar.

ad583fb19086c9e00f6a9f51ac6d77d0.jpg
Iluminação e ventilação natural
967ca5e201c3cfa7f6fa605fe1311f46.jpg
Uso de materiais naturais

É importante para o nosso bem-estar ter noção do que acontece no exterior. Assim como a iluminação e ventilação natural, são fundamentais para termos essa percepção do ambiente.

É interessante trazer para a edificação e seu interior elementos que conectem a região local.

Materiais naturais como madeira, pedra e bambu são preferíveis no design biofílico. Esses materiais oferecem uma variedade de texturas e padrões que reproduzem a variação sensorial que experimentamos na natureza.

Eliane Gallo Arquitetura / Tel: 019-9 996 4679 19 / elianegallo@yahoo.com.br / © 2020 por ElianeGallo Arquitetura. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • facebook
  • Twitter Round
  • flickr